Anúncio

O jogo da vez é ENDER LILIES: Quietus of the Knights, um metroidvania de fantasia publicado pela Binary Haze Interactive, ainda em Early Access (Acesso Antecipado) e disponível para PC (Steam).

Combinando mecânicas clássicas e progressão muito bem conhecidas pelos jogadores ávidos pelo gênero, o jogo não traz grandes inovações, mas sim, é extremamente sólido no que apresenta, focando em um combate estratégico e elementos narrativos sem grandes pretensões; o jogo te mostra o básico para sua imersão, sem páginas e páginas de documentos.

Agora, prepare o caneco, dê uma golada no suco e vamos entender um pouco dos principais aspectos que me chamou a atenção para o jogo! 

O Despertar de Lily

O jogo começa com você (como Lily), acordando em uma igreja e com perda de memórias – principalmente das recentes. Acompanhada do Cavaleiro Negro, o primeiro de outros espíritos que nos acompanham, passamos por fases ocupadas por mortos-vivos e criaturas monstruosas horripilantes; é com nosso poder de purificação que seguimos em frente e libertamos os habitantes da praga nefasta.

Particularmente, passei por três chefes e que, tirando o primeiro, são extremamente desafiadores – até chego a arriscar um feels souls like por aqui. Em nossa jornada, upamos de nível, angariamos habilidades e ficamos mais fortes, porém, tudo parece ser escasso, assim como o mundo devastado mostrado…

Vale lembrar que Lily é uma garota indefesa e quem faz o ataque são os espíritos que se juntam ao nosso time, uma mecânica que me lembrou um pouco Castlevania: Aria of Sorrow. O combate é focado no cuidado e estratégia, sendo que poucos golpes acabam tirando todo seu HP. Como de praxe do gênero, evite agir impulsivamente...

Anúncio
ender lilies
Imagem Divulgação

A Musicalidade

Vale destacar o trabalho de Mili, compositor veterano do universo dos animes (Ghost in the Shell, Goblin Slayer) e games rítmicos como Cytus e Deemo, que proporcionou uma maior imersão do jogador com suas melodias em ENDER LILIES. Junto dele, e não menos importantes, os efeitos sonoros são de Keiichi Sugiyama, que já trabalhou com franquias como Skies of Arcadia e Rez.

Mesmo ainda incompleto, é um fácil candidato a estar num mesmo patamar junto a obras como Child of Light e Ori and the Blind Forest; a polidez dos compositores e técnicos trazem o requinte atmosférico que o jogo busca.

ender lilies
Imagem Divulgação

Potencial e Proposta

Encante-se! ENDER LILIES é muito bonito visualmente, e todas as fases parecem ter sido feitas a mão, com ilustrações fantasiosas e sombrias – com um quê de mangá e estética japonesa, algo próximo de um Yoshitaka Amano.

Tudo parece combinar e culmina em um jogo que possui potencial enorme para encantar seus jogadores com sua história em busca de respostas – e memórias. O que de fato Lily faz por ali? Já tenho minhas (algumas) teorias, mas deixarei para um REVIEW futuro e para quando finalizar de fato o jogo. Vale o GOLE e o Acesso Antecipado! 

ATENÇÃO: ENDER LILIES: Quietus of the Knights ainda se encontra no período de Acesso Antecipado (Early Access) da Steam e modificações virão nos próximos meses.

  • Apesar do idioma Português Brasileiro estar disponível, pode haver diálogos ainda não traduzidos. Para um melhor aproveitamento, recomendamos jogar em Inglês (ou Japonês) por enquanto.
  • As batalhas contra chefes podem ocasionar bugs e crashes; vale lembrar que serão consertados durante o período do Acesso Antecipado.
  • Trilha sonora, mixagem de áudio, efeitos sonoros, Interface de Usuário, ícones, podem mudar até o lançamento oficial do jogo.

ADQUIRA O ACESSO ANTECIPADO NA STEAM

Anúncio