andy garcia
Anúncio

Andy Garcia viveu Vincent Mancini em O Poderoso Chefão Parte lll, papel esse que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Em tom de brincadeira no painel da CCXP Worlds, foi lhe perguntado se deveria ser indicado de novo, e o mesmo entrou na brincadeira e disse que não acredita nisso.

Em entrevista, Andy comenta sobre o tempo que Coppola tinha para entregar o filme que queria, mas acredita que houve duas complicações para isso: a primeira porque o filme foi lançado próximo do natal, e o lançamento tinha que ser para aquele ano, segundo porque Coppola queria tempo para mostrar sua visão sobre como foi a morte de Michael Corleone. A pressão deve ter sido grande e corrida, sendo que a própria Paramount sonhava com um quarto filme, então O Poderoso Chefão Parte lll passou por algumas mudanças pedidas pelo estúdio, tanto que esse desejo por um quarto filme fez Coppola pensar com mais carinho nesse terceiro filme.

Dessas mudanças, cenas como a morte de Joey Zasa foi modificada e toda a questão que envolvia os negócios da família Corleone tiveram mudanças, não sobre o filme lançado, mas para deixar mais coerente e amarrada com a história. Andy destaca que essas modificações podem ser a maior influência para a melhora do filme e, como dito em entrevistas anteriores, o fim do ódio por O Poderoso Chefão Parte lll.

Vincent Mancini foi um grande marco para a carreira de Andy Garcia, o próprio comentou o quão significativo foi Vincent para o levar mais longe na carreira, tendo reconhecimento de amigos família e até dentro do elenco de Poderoso Chefão lll, elenco esse que ele acredita também ter passado pelo mesmo processo de valorização que ele. Ainda citando o elenco, Andy Garcia comentou sobre atuar ao lado de Al Pacino, para ele foi uma grande alegria, se mostrou um grande amigo e lembra quando foi melhor apresentado e conversado com ele antes de atuar em Scarface, comentando que leva muito do teatro para o cinema.

Aliás esse é o destaque sobre o diretor, onde Garcia destaca o método como Coppola trabalha nas filmagens, sendo muito detalhado como uma peça de teatro, fazendo com que os atores fizessem o cenário em suas cabeças. Coppola conversava com o elenco para que isso pudesse fluir melhor; para Andy Garcia esse é o tipo de coisa que falta para os diretores de hoje em dia.

Para assistir toda a programação da CCXP Worlds, acesse o SITE OFICIAL.